segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Correr em Odivelas, “correr em casa”


Neste Domingo participei na 3ªedição da Corrida D.Dinis em Odivelas. Foi como “correr em casa” J. O percurso da prova passava à “porta de casa” e contei desta vez com dois espectadores especiais, a minha esposa e o meu filho J.

O percurso da prova era cheio de “altos e baixos”, havia umas quantas subidas e umas quantas descidas. Na minha perspectiva, trata-se de um percurso variado, exigente e interessante para uma prova.

A partida foi junto ao pavilhão Multiusos. Os primeiros 3 kms consistiram em “voltas” pela urbanização colinas do cruzeiro, sendo que o 3ºkm coincidia com a zona da partida e depois o pessoal encaminhava-se para a parte mais antiga e para o centro de Odivelas. Percorri os 3 primeiros kms em aproximadamente 14:20.

Os kms seguintes foram relativamente tranquilos com uma “mini-subida” depois do 4ºkm, sendo que passei a placa do 5ºkm com 24:03. Há algum tempo que não fazia 5 kms em perto de 24m. Neste momento percebi que era concretizável fazer um tempo na prova abaixo dos 50m.

O km seguinte foi em piso plano e deu para perceber que teria hipóteses de fazer a melhor marca pessoal dos 10 kms, uma vez que o relógio marcava 28:40 aos 6kms. Para o alcançar sabia que não poderia abrandar ou facilitar, mas ainda iriam aparecer a subida junto à estação de metro e a subida dura da Av. Abreu Lopes.

Procurei manter o ritmo e passei os 8kms (junto ao metro) em aproximadamente 38:30, imediatamente antes das difíceis subidas que o km 9 reservava para os participantes. Com hipóteses de fazer um bom resultado, dei o meu melhor e “corri atrás do record pessoal”.

Passei a placa do km 9 com 44:00 de prova. Nos treinos que faço por Odivelas não incluo o trajeto deste km, mas foi sem dúvida a vez que corri ali mais depressa de todas as vezes que passei por aquele trajeto.

Último km a dar o máximo e tempo na meta (junto ao pavilhão multiusos) de 48:20. Melhor marca pessoal dos 10 kms.


Foi uma bela prova J.

Para mim os resultados são apenas indicadores, não corro para ganhar a ninguém, não participo nas corridas com o objectivo de bater records, corro pelo desafio pessoal que cada prova proporciona, participo pela experiência que cada prova proporciona e isso ajuda-me a me conhecer melhor.

Aproveito para mandar um grande abraço aos colegas do Team J.


Boas corridas para todos! Divirtam-se!

2 comentários:

  1. É bem verdade o que dizes Joel, e partilho da tua opinião mas... De vez em quando sabe bem bater um recorde, ainda por cima numa prova cheia de altos e baixos. Parabéns!!!

    ResponderEliminar