domingo, 28 de junho de 2015

Viagem à Macaronesia - Cuidado com as Fotos

Cuidado com as fotos obscenas

WHERE dips the rocky highland
Of Sleuth Wood in the lake,
There lies a leafy island
Where flapping herons wake
The drowsy water rats;
There we've hid our faery vats,
Full of berrys
And of reddest stolen cherries.
Come away, O human child!
To the waters and the wild
With a faery, hand in hand,
For the world's more full of weeping than you can understand.

Where the wave of moonlight glosses
The dim gray sands with light,
Far off by furthest Rosses
We foot it all the night,
Weaving olden dances
Mingling hands and mingling glances
Till the moon has taken flight;
To and fro we leap
And chase the frothy bubbles,
While the world is full of troubles
And anxious in its sleep.
Come away, O human child!
To the waters and the wild
With a faery, hand in hand,
For the world's more full of weeping than you can understand.
...
(Stolen Child de W.B. Yeats)
 
(banda sonora para a posta)
 
Fui passar uns dias à Macaronésia Portuguesa, e não, não é o local onde inventaram o macarrão e onde a sobremesa preferida são os macarones, a Macaronésia são as ilhas abençoadas a oeste de Gibraltar e incluem os Açores, a Madeira, as Canárias e Cabo Verde. Neste caso fui à Madeira.
 
Já os Celtas falam nas suas lendas da existência de ilhas a Oeste da Irlanda onde habitaria a Tribo de Dana, que habitavam a ilha antes da chegada dos filhos de Breogan (da Galiza).

No que toca a corrida, e depois de um treino de 10 kms na Baia do Funchal sem grande história a não ser o excesso de humidade no ar que me dificultava a respiração, sentia um desconforto cá dentro, como um voz surda que me moía, e sentia que este treino não me bastava, não me deixava satisfeito.

A viajar no interior da ilha, quando me aproximei das levadas de nível mais acessível, essa voz feminina se tornou mais audível,  e me chamava cantando num crescendo de força que passo a passo me tomava conta dos sentidos e me puxava para dentro, para dentro para o coração da ilha para o ventre da montanha até que tive a sensação que corria num silencio cúmplice ao meu lado.

 
Pouco a pouco, camada a camada ia deixando as preocupações mundanas para trás e tinha a sensação que deixava este mundo para entrar noutro que existiu deste sempre dentro de mim. Sentia-me uma criança, com uma alegria estupida a descobrir trilhos no meio da floresta e a perder-me no labirinto da montanha que de mágica se ia revelando em paisagens.

Eu era Oisín tinha viajado até Tir na n'Óg e tinha-me apaixonado por Niamh.

Durante toda a viagem nunca deixei de pensar num dos meus poemas preferidos de Yeats. E nestas imagens...
 



 


 



Campo minado
 
 

 


















 
Notas finais
 
1. Será que tenho direito a entrada no concurso nacional de Fotos Mete Nojo?
2. Podem-me chamar nomes 
 

13 comentários:

  1. Amigo obrigado pelo reconhecimento para o MIUT... fico à espera dos apontamentos!!! :p

    ResponderEliminar
  2. Sempre às ordens... temos de la ir. :) Abç

    ResponderEliminar
  3. Não tê posso responder à 1....

    :):]:[:-D:-S:/:P:D:-D:-/:'(:|...chega???

    Abraço ;)

    ResponderEliminar
  4. 1 - NÃO.
    2 - Seu... seu... (Não me ocorre nada, mas vou pensar numa coisa extremamente desagradável e já volto! :P)
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 1 - É inadmissível o corporativismo que grassa nos blogues de corrida portugueses. O podium para as fotos mete nojo tem 3 lugares, 3! Pois só querem dois concorrentes.
      Acho uma vergonha, e acho um comportamento completamente infantil da Sra Corre como uma menina, egoísta, invejosa e infantil. Vou amuar!

      Eliminar
    2. 2 - ainda por cima, não manifesta qualquer esforço para me chamar nomes ou adjetivas negativamente num esforço claro para me chatear! De propósito... :D

      Eliminar
    3. NÃO!!!! Não ouviste a menina ... ela tem sempre razão (quer dizer, nem sempre... poucas vezes, quase nunca... mas desta vez tem.. ponto!!!)
      2 - Que lindas fotografias ... muito bonitas, tiradas com os ângulos perfeitos .. quase diria que são montagens.

      Eliminar
    4. Acho que temos aqui um perito em montagem de fotos e não sou eu :p... muito obrigado.
      E agora onde é que eu vou correr, para tirar mais fotos fixes?
      Abç

      Eliminar
  5. 1 - Não... não vi macarrão com molho de tomate :)
    2 - Seu... Macaroni!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo:
      2 - Macaroni! (uhhhhhh) :P
      Obrigada. :)

      Eliminar
    2. Pronto, está tudo a gozar comigo. Não perdem pela demora. Muahahaha (gargalhada satírica de cientista maluco que irá controlar o mundo). A vingança serve-se fria

      Eliminar
    3. E a Lara croft do Monte da lua ainda acha piada?

      Eliminar