sábado, 13 de dezembro de 2014

E agora, algo completamente diferente!



 Caras leitores, caros leitores

Na sequência  de um longo período de  um longo período de inatividade desportiva forçada, decorrente de uma pubalgia que me inflamou o púbis mas também os adutores, o meu peso corporal sofreu um incremento significativo. No sentido de contra balançar esta tendência, foram tomadas medidas restritivas de ingerência de hidratos de carbono e de aumento da ingestão de água.
Desta forma, junto se apresenta o relatório de evolução do peso.
1 – A primeira conclusão é de que se regista uma diminuição de peso na ordem dos 5,97%.
2 – Pese embora se registe uma tendência de redução, nas últimas semanas esta tende a estabilizar.
 
3 – Se isolarmos o efeito de sazonalidade, conclui-se que a redução de peso é transversal a todos os dias da semana, pese embora, a falta de observações ao Domingo.
4 – Partindo das médias de cada dia da semana, salienta-se que o dia com menos peso será sábado e o dia com maior peso a segunda, o que significa que o fim de semana é uma rebaldaria alimentar.
 
5 – Aconselha-se a implementação de práticas gastronómicas, no decorrer do fim de semana que previnam o crescimento de peso para segunda.
Da próxima vez seria interessante, contabilizar a água ingerida, bem como das calorias gastas de forma a estudar uma relação entre as três variáveis (peso, água e calorias) através de estudos estatísticos e criando uma regressão linear entre os três.
Despeço-me com amizade

12 comentários:

  1. Boa noite!
    Estou com o mesmo problema, uma pubalgia que me apoquenta vai para 6 meses, e não ha maneira de ver melhoras. Já fiz fisioterapia, exercicios de reforço muscular e nao sinto grandes melhoras. Já estou parado ha bastante tempo, e estou a começar a ficar desesperado com isto. Começo a ver sonho de voltar a correr a ficar por um canudo. Gostaria de saber alguns conselhos, ou ideias do que poderei fazer. Obrigado, abraço.

    ResponderEliminar
  2. Olá, Já falaste com algum médico especialista em Medicina Desportiva? Começa por aí. No meu caso começou com uma fase de paragem, desinflamação, aumento da flexibilidade dos músculos, correcção de postura e no final reforço muscular.

    Quando recomecei a correr (um recomeço muito faseado e gradual) doeu-me sempre um pouco. Mas é preciso fazer alongamentos específicos e reforço muscular do core. Não pode ser só corrida.

    A minha última corrida foi a da Amorama em Junho, e só retornarei na São Silvestre. 6 meses... é preciso preserverança.

    Abraço e as melhoras

    ResponderEliminar
  3. Eu depois de parar, consultei o Alcidio Costa, um ex-atleta que me recomendaram, e ele aconselhou-me a fazer uma serie de exercicios para fortalecer os abdominais (Core), e exercicios para os adutores. Andei cerca de 2 meses a fazer isso mas nao notei grandes melhoras.

    Depois disso fui a uma clinica de fisioterapia, fiz consulta com fisiatra, e fiz 20 sessões de fisio, e quanto mim sai de lá como tinha entrado, na mesma. Não gostei e não vou la continuar.

    Neste momento tenho consulta marcada para 3ªfeira em nova clinica na margem sul, com um fisiatra que ja me consultou á uns anos atrá por causa de outro problema.

    Eu sei que o ideal era mesmo um especialista em medicina desportiva, mas tb não deve haver muitos, e os bons são caros.

    Na clinica onde andei, nao gostei do tratamento. Deitava-me numa marquesa, punham-me uns panos "quentes-humidos" na zona da virilha, durante algum tempo, depois metiam-me umas plaquetas a dar choques. Depois fazia ultra-sons e uma massagem na zona muito fraquinha.,
    Nem sequer nenhum tipo de alongamento fazia...

    Vou tentar agora esta clinica que me parece ter outras condiçoes e melhor aspecto.

    Obrigado pelos conselhos,

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu médico foi o Dr João Beckert do CUF ALVALADE. Também tens o centro de Medicina desportiva do estádio universitário.

      as melhoras e um abç

      Eliminar
  4. Elá, sim senhor, um estudo complementado com gráficos e tudo! :)
    Mas pesas-te todos os dias, é isso? Ou fazes um controlo semanal?
    Só tens a ganhar com a ingestão de água, e não apenas ao nível da perda de peso.
    Qual é a S.Silvestre em que vais participar?

    ResponderEliminar
  5. Olá :) devia pesar-me uma vez por semana, mas depois o geek das estatísticas em mim veio ao de cima. Principalmente, depois de notar um padrão semanal.

    estou inscrito na s.silvestre de Lisboa e da amadora (a da amadora ainda não sei se faço por questões logísticas). Gostava de fazer a pirata mas não quero forçar os músculos... Ainda!

    ResponderEliminar
  6. Caro escritor, na sequência de uma longa leitura de uma longa leitura, devo dar-lhe os parabéns pelos resultados alcançados. O aumento de peso de Domingo para 2a f poderá ser explicado pela acumulação de pirulitos ingeridos na piscina?
    Continue assim que está muito bem.
    Melhores cumprimentos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hmmm "de uma longa leitura de uma longa leitura"? :):):)

      Obrigados, nós (eu e o meu alter ego) fazemos isto a pensar na equipa e não na glória pessoal. Pese embora os prémios sabem sempre bem... ah é verdade não sou o Ronaldo, nem o JJ.

      A única água que bebo no fim de semana é na piscina de alvalade. Depois da aula, têm que voltar a encher.

      Vamos a ver

      P.S. Obrigado pelo apoio

      Eliminar
  7. As lesões são tão chatas, ainda para mais uma pubalgia! As melhoras

    ResponderEliminar
  8. Obrigado, está quase curada. São Silvestre aguarda-me.

    ResponderEliminar