sexta-feira, 20 de março de 2015

Venham mais... 5000 kms!!!

Uau... cinco mil quilómetros. Cinco mil. Há cinco anos se me dissessem que faria esta distância a correr, a pedalar ou a nadar, diriam que tal era impossível. Mas a verdade é que não foi. Cinco mil quilómentros...


Quem me conhece já sabe que gosto desta parte, das estatísticas, de analisar números, avaliar o que fiz mais ou menos, melhor ou pior. Daí que elaborei esta tabela bem bonitinha, que permite ver o que tenho feito - e onde tenho feito - ao longo destes 5000 quilómetros.

A marca dos cinco mil quilómetros foi atingida a 15 de Março, durante um treino de bicicleta de 58 quilómetros, um treino feito a pensar no Lisboa Triathlon, a minha próxima aventura. Foi a primeira parte de um treino duplo, pois depois de deixar a bicicleta ainda calcei os ténis para dar uma corrida.

Ao longo destes 5000 kms, a bicicleta ainda é a maior "consumidora", com 2555, mas a corrida está bem perto, com 2336. Esse equilíbrio vê-se também nesta última fatia, de 994 kms com estas duas modalidades a fazerem quase a totalidade da distância.


Em termos de tempo, esta é a segunda pior prestação, tendo aqui o "JE" demorado 279 dias a chegar aos 5000 quilómetros. No entanto, é preciso notar que estive praticamente 60 dias parado, a recuperar da lesão da Maratona de Lisboa. Com treinos normais durante esses 60 dias, seria o 20 melhor registo.
 
 0-1000 kms: 444 dias // 1000-2000 kms: 275 dias // 2000-3000 kms: 255 dias // 3000-4000 kms: 196 dias // 4000-5000 kms 279 dias

Se tudo correr bem, não devo demorar tanto tempo a chegar aos 6000. Os treinos de bicicleta em estrada "comem" muitos kms, já se sabe, mas não só. Com os treinos para os Triatlos, tenho feito treinos praticamente todos os dias e até treinos duplos, o que ajuda à contagem de kms. E já não falta muito para a maior contagem de uma só vez até agora, 113 quilómetros de uma só vez, no Triatlo Longo de Lisboa.

Outros Kms Reports!

1 comentário: