segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Grande Prémio de Natal - Um novo record dos 10 kms

Caríssimos

Resolvi voltar aqui para contar algumas aventuras.

(sempre agarrado à bebida nesta época)

Depois de muitas aulas de natação com um pull buoy entalado na virilha, para não forçar as pernas, depois de mais uma semana sem poder correr, depois de várias sessões de massagem e ultrasons, a Fisioterapeuta mandou-me correr muito devagarinho num fim de semana e voltar lá para contar as mazelas.

Assim sendo, depois de uma primeira tentativa de 3 kms (uma autentica maratona) resolvi fazer uma loucura, enfiar o barrete de pai natal pela cabeça abaixo e ir ao Grande Prémio de Natal. Mesmo receoso por fazer 10 kms com o gémeo meio preso mas atirei-me às Avenidas da Capital.

Apetecia-me ir correr por ir correr, sem pressões de tempo a fazer, sem olhar para o relógio para controlar o ritmo, apetecia-me correr para passear pela cidade, correr pelo prazer de ir correr, pela liberdade que isso representa. Estava imbuído da alegria típica desta estação (Metro: entrecampos, piada seca estação - entrecampos perceberam?) natalícia.

Por acaso, na partida, arranjei um parceiro de corrida que recuperava exactamente com a mesma lesão do que eu, uma ruptura no gémeo. Depois da partida tive que conter o ritmo mas brevemente apercebi-me das vantagens de correr acima dos 6 minutos ao km e entrei no espírito.

A verdade é que é muito mais fácil de falar aquele ritmo, o que, se associarmos  à injecção continua de endorfinas e à personalidade imatura... imatura não, infantil do duo em causa, facilmente se conclui que foram 10 kms de galhofa. Outra questão é que a panorâmica é muito mais bonita de quem corre abaixo dos 55 mins aos 10... a paisagem humana é diferente.

Desde entrecampos até ao Saldanha, depois subir de entrecampos até à churrasqueira de Alvalade, voltar a descer pelo Campo Grande, Entrecampos, Saldanha... No Saldanha, a trote, aproveito para me meter atrás de uma chinesa que tirava uma selfie e que se desmanchou a rir quando voltou o telemóvel, olhou para o monitor e viu o emplastro.

Até que pelo meio da Avenida Fontes Pereira de Melo, vergonha das vergonhas, somos ultrapassados...

Somos ultrapassados por pessoas a andar a pé, vá a marchar, atletas de marcha. Seguem-se as bocas do costume: "Não acredito, estou a ser ultrapassado por pessoas a pé! É desta que vou desistir de correr!" e as respostas "Isto tem muito treino em cima" e a verdade é que eles iam abaixo dos 5 ao km.

Já quentes, e depois de tentar acalmar algum inconformismo e inquietitude interior do meu comparsa, resolvemos acelerar no último km, fazendo juz ao nome da Avenida da Liberdade abaixo, como que para relembrar o corpo do que é capaz.

Resultado final 10 kms em 1:05:08 Novo record pessoal, nunca tinha corrido 10 kms em tanto tempo.

Dois dias depois tinha um torcicolo, mais uma semana sem correr.

 Note to self: ir à Bruxa!



10 comentários:

  1. Força para uma rápida recuperação!

    Um abraço e bom 2016

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, obrigado. NCa São Silvestre da Amadora já estive a quase 98%.

      Abraço e bom 2016

      Eliminar
  2. Olha, então muitos parabéns por este recorde ;)
    As melhoras rápidas ... e um bom ano para ti e para os teus, que esses azares andem bem longe.
    Grande Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. he he he Obrigado.

      Já estou a full... não sei durante quanto tempo :)

      Excelente 2016!

      Abração

      Eliminar
  3. Grande recorde! Muito bem! :)

    Boas entradas!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Luís,

      Por acaso foi muito boa a sensação de voltar a correr. :)

      Excelente 2016 para ti e os teus.

      Abraço

      Eliminar
  4. Parabéns pelo record! Estás uma bomba!

    "no creo en brujas pero que las hay las hay", pois...

    mas isso do torcicolo com uma massajem vai lá...pois...

    Abraço e as melhoras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. he he he Foi bom correr :)

      Já estou a 100% obrigado.

      Agora é aproveitar a vida.

      Abração

      Eliminar
  5. Respostas
    1. ... que já foi batido na SS Lisboa 1:06 YEAHHH

      Beijinhos e um 2016 com muitas alegrias e que os teus desejos se concretizem

      Eliminar